Observar Leia em 1 minuto

Observar

As pessoas que andam próximas a mim sabem que sempre me impressiono com o céu, especialmente ao nascer e por do sol. São tantas nuances em plena harmonia, dá vontade de parar tudo o que se está fazendo e apenas admirar. Para mim ? e acredito que para muitas outras pessoas ? é extremamente inspirador. Admito que quase desejo que algumas das tecnologias de Black Mirror já estivessem disponíveis em larga escala para poder registrar tamanha beleza. (Talvez só a dos olhos que se tornam câmeras, o resto é um tanto assustador…)

Como seres humanos, observar é uma caraterística fascinante que temos e desenvolvemos. Vai muito além do ver ou o enxergar, por que não é apenas feito com os olhos. Observar envolve ver, ouvir, fazer conexões, cultivar ideias sem pressa… enfim, aumentar as lentes do pensamento. Muitas vezes, parece até uma arte perdida diante do frenesi que continuamente vivemos, mas fundamental perante as decisões cada vez mais complexas que temos de fazer.

Pouco tempo atrás, ouvi o termo observar com propósito. Ou seja, examinar atentamente, de forma intencional. E me desafiei a tal: fazer tudo o que faço de forma direcionada, não a esmo. Pode parecer pesado ou até forçado, mas na verdade, não é. É simplesmente entrar em cada situação decidido a retirar uma nova lição aprendida. Em cada conversa, novo projeto, novo cliente, novo relacionamento ou interação, nova oportunidade. Observar atentamente e perguntar: o que posso aprender?

Tem sido uma jornada interessante. E você? O que já aprendeu hoje? Há tanto a ser observado aí mesmo onde está. Se fosse você, não perderia a oportunidade…

Um abraço,

Camila Carvalho

Coeducadora na Consense Educação para as relações


Você pode gostar também



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *